1928 – 2017

Biografia

Gravador, desenhista e escultor. Iniciou a formação artística em 1943, estudando pintura e afresco com Antonio Gomide. Após participar da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1951, viajou para a Europa e passou a residir em Paris. Frequentou o ateliê de Johnny Friedlaender e aperfeiçoou-se nas técnicas de gravura em metal, água-forte, talho-doce, água-tinta e ponta-seca. Em 1953, participou da 2ª Bienal Internacional de São Paulo e obteve o prêmio aquisição. Na 5ª Bienal, em 1959, foi contemplado com o grande prêmio nacional de gravura. Nesse período, começou a fazer relevos, picotando suas aquarelas e aproveitando os fragmentos em colagens sobre tela, papel, cobre e madeira. Posteriormente criou relevos de metal sobre sisal, e produziu peças tridimensionais em grande escala e trabalhos em porcelana e ourivesaria. Realizou ilustrações para diversos livros, de tiragens reduzidas. No fim dos anos 1980, criou um mural tridimensional para o Centro Cultural da França, em Damasco, Síria. Em 2002, foram apresentadas na Pinacoteca do Estado de São Paulo – Pesp, e no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – Margs, em Porto Alegre, duas amplas retrospectivas de sua obra.

Arthur Piza
Arthur Piza
Sem título - aquarela e colagem sobre cartão - medindo 14x11cm.- assinado no canto inferior direito.