1918 – 2008

Biografia

Nascido no bairro carioca do Catete, desistiu do curso de medicina em 1939 para se dedicar às artes visuais. Sua primeira exposição individual veio em 1944, na inauguração da sede do Instituto dos Arquitetos do Brasil, em sua cidade natal.
Em 1945 trabalhou como assistente de Cândido Portinari no painel de São Francisco de Assis da Igreja da Pampulha, em Belo Horizonte. Em seguida, mudou-se para Paris, onde viveu até 1949.
Foi funcionário do Serviço de Documentação do Ministério da Educação e Cultura, onde trabalhou com ilustração de publicações. Também realizou trabalhos como artista gráfico e desenhista.
Na função de artista plástico, passou a colaborar com Oscar Niemeyer em 1955. Integrando o esforço de construção de Brasília a partir de 1957. Em 1958, mudou-se defininivamente para a capital brasileira. Nos anos 1960, estabeleceu parceria com o arquiteto João Filgueiras Lima, cujas obras eventualmente apresentam painéis criados por Athos.
Pelo conjunto da obra, recebeu vários prêmios e condecorações, como a Ordem do Mérito Cultural, recebida em 1995 do Ministério da Cultura.
Grande parte de seus trabalhos encontra-se em Brasília, com obras no Palácio da Alvorada, Brasília Palace Hotel, Câmara dos Deputados, Senado Federal, Igrejinha, Palácio Itamarati (Painel do auditório), Teatro Nacional, Restaurante da Torre de Televisão, Hospital Sara Kubitschek, Igreja Episcopal de Brasília, Banco do Brasil e Catedral de Brasília.
Faleceu aos 90 anos de idade no Hospital Sarah Kubitschek da Asa Sul em Brasília, devido a complicações do mal de Parkinson.

Athos Bulcão
Athos Bulcão
Sem título - óleo sobre cartão - medindo 50x70cm.- assinado e datado no canto inferior direito.